Servidor Federal 5 de julho de 2019

Consórcio é uma forma de investimento?

É muito comum que as pessoas queiram ter sua casa ou automóvel próprio, ficando assim livres do aluguel ou de um financiamento. No entanto, conseguir guardar dinheiro todos os meses é algo muito difícil, para quem não consegue ter uma disciplina sobre isso. Entretanto, muitas pessoas ainda não sabem que o consórcio é uma forma de investimento segura. É através deste que você pode conquista seu imóvel, um carro, moto dentre outras coisas. Ao pensar no que investir, dúvidas podem surgir. Por este motivo que vamos lhe apresentar alguns motivos para adquirir um consórcio.

Não há cobrança de juros

Ao comparar o consórcio ou com um financiamento de uma casa, por exemplo, a grande diferença é o pagamento das parcelas sem a inclusão de juros. Nesta modalidade de investimento é embutida no valor das parcelas apenas uma taxa de administração. No entanto, esta taxa é bem menor que as praticadas em outras modalidades. O consorcio apresenta-se como uma boa opção de investimentos a longo prazo. O resultado da comparação é que no final da quitação do consócio o valor pago será muito menor.

Não é necessário dar uma entrada

Ao contratar um consórcio não é necessário comprovar a renda, somente quando se é contemplado. A realização de um investimento inicial também não se faz necessária. No entanto outras formas de investimento, como o financiamento são exigidos além de comprovação de renda um valor como entrada. Este processo é muito mais burocrático que o consórcio.

Cria uma educação financeira

Quando decide-se ir em buscar de um realizar um sonho, criar uma educação financeira é primordial. Por este motivo vem crescendo a contratação de um consórcio. Entretanto, isso ocorre um por um motivo. O consórcio cria uma espécie de poupança com os valores das parcelas de todos os meses. É através deste montante arrecadado que acontece às contemplações. A possibilidade de se programar para adquirir um bem torna-se mais segura. Esta modalidade de investimento tem um objetivo uso do dinheiro desde a contratação. Fomentando assim uma disciplina financeira desde o inicio, já que as parcelas são pagas mensalmente.

Existe possibilidade de compra garantida

Ao adquirir este investimento seu poder de compra é mantido até o momento que há a sua contemplação. Entretanto, saiba que a carta de crédito sofre reajuste todos os anos de acordo com alguns índices. Este reajuste deve estar em contrato e servirá como base para atualização de todos os índices necessários para o tipo de consórcio.

Utilização do FGTS

Caso você ainda não saiba é possível utilizar o FGTS para quitar um saldo devedor, pagamento de parcelas e até mesmo lances e contemplação da carta de crédito. Um exemplo de utilização do FGTS é: você seleciona um imóvel para compra, mas este possui um valor maior que a carta de credito. A própria administrado por utilizar o valor de seu FGTS para complementar o valor que falta caso você autorize. A empresa do contrato pode indicar uma instituição financeira para realizar este procedimento, no entanto esta deve ser conveniada. Vale lembrar que a utilização do FGTS é válido apenas para segmento de imóvel no consórcio.

Valores do investimento são atualizados ao fim do consórcio.

Além dos benefícios já citados este investimento possui outro que é: quando o contratante não é contemplado e termina de pagar o consórcio. Este receberá sua carta de crédito com valores atualizados de investimento. Isso quer dizer que a carta de crédito que é recebida somente no ao final da quitação tem em consideração a inflação vigente e a variação monetária ocorrida em todo o período. Isso significa que o investidor não perderá nada do que foi investido.

Receba as notícias antes dos demais Assinantes!

Clique para ativar as notificações e receba antes de serem publicadas

Publicações relacionadas

Receba atualizações por e-mail